As absolute is by amounted repeated entirely returned

Por onde devo começar a estudar para concursos públicos?

Afinal, por onde devo começar a estudar para concursos públicos? Essa é, sem dúvida alguma, uma das perguntas mais realizadas por quem está dando os seus primeiros passos no universo dos concursos públicos.

Mas hoje vamos resolver essa dúvida de uma vez por toda e assim fazer com que obtenha êxito em seus objetivos de vida. Acompanhe e tome nota de tudo, pois isso é fundamental para que não esqueça!

 

Estude o edital

 

Pode parecer coisa boba, mas não é. O primeiro material que deve estudar é o edital, pois é ele a lei do concurso que pensa em prestar. Nele, pode-se encontrar os requisitos para tomar posse do cargo, bem como o valor da taxa de inscrição, o prazo de inscrição e, o mais importante, o conteúdo programático cobrado para a realização do exame intelectual. Isso para concursos que só têm a prova intelectual como etapa única.

Alguns concursos, como os da área de segurança pública e os de educação, além de terem o exame intelectual, cobram outras etapas, como avaliação de títulos e uma aula expositiva, no caso dos concursos no âmbito da educação. Focando nos da área de segurança pública, cobram exame intelectual, teste de aptidão física, exame de saúde, psicotécnico e, ainda, exige que o candidato participe de um curso de formação no qual ele também poderá ser eliminado caso não atinja as notas mínimas.

Observou como é importante estudar, primeiro, o edital?

 

Verticalizando o edital

 

Depois que estudar o edital, busque organizar o conteúdo programático. Uma dica é verticalizá-lo, para que assim consiga visualizar melhor o assunto cobrado por matéria.

 

Como verticalizar o edital?

 

É muito fácil e simples. Separe o conteúdo por matéria, como português, matemática, constitucional, direito administrativo e qualquer outro conteúdo cobrado, só que colocando os assuntos relacionados de maneira sistematizada. Tipo:

Português

Morfologia

— Substantivo

• Tipos de substantivos

— Pronome

• Tipos de pronome

• Colocação pronominal

Fazendo isso fica mais fácil visualizar o que está sendo cobrado e evita-se que o candidato deixe de estudar o que deve.

 

E depois que verticalizar o edital, o que fazer?

 

Agora não tem mais segredo. É separar o material e estudar o que está sendo cobrado no edital, buscando, sempre que possível, fazer exercícios da banca examinadora. É importante dizer que cada banca tem um estilo próprio na confecção de questões, por isso, fazer os exercícios focados na banca pode ser bom porque lhe prepara para lidar com ela.

 

Dica bônus

 

Quando verticalizar o conteúdo programático do seu concurso público, tente compreender o nível de dificuldade que tem nas matérias que estão sendo cobradas. Se possível, dê uma nota de 0 a 5 para cada matéria. Isso pode direcionar o seu foco para aquelas matérias que você não tem ou nunca teve relação com elas.

Agora que sabe mais do que apenas por onde começar a estudar, não perca mais tempo e comece a se dedicar o mais rápido possível.

Assim, você pode se preparar melhor e, dessa maneira, obter bons resultados nas provas!

 

Edição Blog Contabilidade Cidadã